STJ mantém averbação de protesto contra venda na matrícula de imóvel gravado como bem de família

Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter

O Superior Tribunal de Justiça (STJ), ao julgar o Recurso Especial n. 1.236.057 entendeu, por unanimidade, ser possível a averbação de protesto contra a alienação de bens em imóvel gravado como bem de família.


A finalidade da averbação não é impedir a venda do imóvel impenhorável, mas informar terceiros de boa-fé sobre a pretensão do credor, especialmente na hipótese de futuro afastamento da proteção contra a penhora, uma vez que não ficará prejudicada a impenhorabilidade enquanto o bem for caracterizado como “bem de família”.


Vale destacar que, no âmbito da execução não foram localizados bens penhoráveis, então foi deferida a averbação do protesto, em caráter informativo, na matrícula do imóvel protegido pela Lei n. 8.009/1990, ou seja caracterizado como bem de família.

A averbação de protesto contra alienação de bem insere-se no poder geral de cautela do Juiz, e é justificável pela necessidade de dar conhecimento do protesto a terceiros, prevenindo litígios e prejuízos para eventuais credores e compradores. Inclusive, ao perder a qualidade de bem de família, a venda posterior do imóvel com registro de protesto contra alienação de bens poderá ser configurada fraude à execução.

Em seu Voto o Ministro Relator, ressaltou que a impenhorabilidade do bem de família é uma garantia jurídica que incide sobre uma situação fática: a moradia familiar. Contudo, tais fatos podem ser modificados por várias razões, como o recebimento de herança, a compra de um segundo imóvel ou a mudança de residência da família.


Dessa forma, havendo o protesto averbado junto à matrícula do imóvel, caberá aos credores ou eventuais adquirentes de boa-fé tomarem as devidas cautelas, analisando a causa do protesto em questão, para que seja tomada qualquer decisão, evitando assim, prejuízos futuros.

VOCÊ TAMBÉM PODE SE INTERESSAR POR ESSAS PUBLICAÇÕES