Da renegociação dos contratos futuros

Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter

Recentemente foi noticiado pela Abiove que as tradings estão sendo notificadas para renegociação dos contratos, sob argumento de instabilidade climática que alterou boa parte do cronograma de plantio.

Alegam os produtores, que os reflexos da seca poderão dificultar as entregas mais precoces da soja, previstas para janeiro, em áreas do MT, por exemplo.

Contudo, reportagem dessa semana do Valor Econômico dá conta que o plantio de soja está 10% mais adiantado, comparando-se ao mesmo período do ano passado, inclusive no MT, com as recentes pancadas de chuva.

Por outro lado, vemos um grande descolamento do preço da saca de soja que no início do ano girava em torno de R$ 90,00 e hoje bate R$ 150,00!!

Denota-se que o real motivo para buscar a revisão dos contratos é o preço.

Para revisão contratual é necessária a comprovação de fato extraordinário que prejudique o cumprimento da obrigação: ocorrência de caso fortuito ou força maior ou onerosidade excessiva superveniente.

Isso se aplica aos contratos de compra e venda antecipada de grãos? Como o tema é denso, trataremos na sequência de nossas próximas Pílulas.

VOCÊ TAMBÉM PODE SE INTERESSAR POR ESSAS PUBLICAÇÕES

Projetos sociais

Projetos sociais nas empresas: impactos e alternativas de regulamentação

Muitas empresas exercem ou querem exercer ações sociais de cunho filantrópico, utilizando dos seus próprios serviços e produtos para irem além dos aspectos econômicos, com projetos que beneficiam o meio ambiente, agricultores e trabalhadores rurais e que impactam diretamente comunidades e instituições que necessitam de amparo.
Contudo, apesar das práticas sociais estarem ligadas aos valores de determinadas empresas, a sua estruturação requer bastante cautela e apoio jurídico para que não haja impactos trabalhistas, empresariais e tributários que possam, muitas vezes, desacelerar ou até mesmo impossibilitar esse compromisso com a sociedade.

Leia mais
Marco Legal

Câmara aprova MP que cria marco legal da securitização

Foi aprovada pela Câmara dos Deputados no dia 15 de junho de 2022, a medida provisória editada em março pelo governo federal que cria, atualiza e define regras para securitização dos direitos creditórios (conversão de créditos a receber em títulos a serem comercializados) e, também, cria a Letra de Risco de Seguro.

Leia mais